Equipe

Cristina Batista de Araujo

Professora Adjunta da Universidade Federal de Mato Grosso, desde 2009. Doutora em Letras e Linguística, pela Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de ensino de língua portuguesa, tendo atuado durante 14 anos na Educação Básica pública e privada e em Escola do Campo. Desenvolve pesquisas em Análise do Discurso, com ênfase em linguagem, educação e mídia. Coordena grupo de estudantes-pesquisadores em nível de graduação e pós-graduação nos seguintes temas: letramento, ensino de língua, comunicação e mídia, discurso, história e subjetivação. Realizou Mestrado e Doutorado com o financiamento da CAPES, entre os anos de 2005 e 2009. Estágio pós-doutoral em andamento (2017-2018) na Universidade Federal de Uberlândia, com bolsa PNPD/CAPES.

Deyvisson Pereira da Costa

Doutor em Comunicação pela Universidade Federal de Minas Gerais e docente na Universidade Federal de Mato Grosso liderando o grupo Limiar - Estudos de Linguagem e Mídia nas áreas de Estudos de Linguagem, Novas Tecnologias da Comunicação, Biopolíticas e Processos de Subjetivação.

Augusto Flamaryon Cecchin Bozz

Graduado em Comunicação Social - habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Universitário do Araguaia (2014). Mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Goiás (UFG), na linha de pesquisa Mídia e Cultura (dissertação defendida em 25/02/2016, intitulada Cartografias do câncer: biossociabilidade, comunicação e subjetividade). Integrante do Grupo de Pesquisa Limiar - Estudos de Linguagem e Mídia (https://grupolimiar-ufmt.blogspot.com.br/) e do Grupo de Pesquisa Olhares - Estudos sobre Corpo, Ciência e Tecnologia (https://grupoolhares.wordpress.com/). Foi bolsista de iniciação científica pelo CNPq e pela FAPEMAT na linha de pesquisa Corpo, Mídia e Discursos: corporeidades em tempos de Biopoder (2010-2012) e Comunicação, Novas Tecnologias e Biopoderes (2012-13). Atualmente é professor substituto na Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário do Araguaia, onde investiga -- privilegiando, acima de tudo, uma genealogia das problematizações (Foucault) e da conjuntura nas quais o sujeito é pensado e investido -- a maneira como as tecnologias informacionais tornam certos modos de de ser doente inteligível, praticável e governável.

Marcelo Almeida Duarte

Possui graduação em Licenciatura Plena em História - Faculdades Unidas do Vale do Araguaia (2014), atualmente cursa Comunicação Social -Habilitação em Jornalismo -Universidade Federal de Mato Grosso (2017). Integrante do Grupo de Pesquisa Limiar - Estudos de Linguagem e Mídia (https://grupolimiar-ufmt.blogspot.com.br/). Interpela em suas pesquisas questões acerca da constituição do sujeito em uma perspectiva foucaultiana, trabalhando ainda com temas como Ética e Estética da existência, Filosofia da História e Teoria da Comunicação.

Viviane Sales da Silva

Graduanda em Comunicação Social, habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal de Mato Grosso. Desenvolve pesquisa nas áreas de divulgação científica e robótica.